Produzindo vinhos de alta qualidade – Parte I: Uvas

Publicado por Deixe um comentário

Uva

São muitos os fatores que influenciam a qualidade de um vinho. O tipo da uva, as condições climáticas, o solo, e o método de viticultura são apenas alguns dentre vários fatores. Pode-se dizer que a combinação perfeita de todos os esses fatores resulta nas melhores safras. A beleza em produzir vinhos de qualidade vem da incerteza de muitos desses fatores, não controlados pelo homem. A mãe natureza tem um papel muito importante nesse processo, então produzir (e beber) vinhos de qualidade proporciona uma experiência única, já que uma safra nunca será igual a outra.

Nesse post vamos falar um pouco sobre os tipos de uvas utilizados pelo vinhedo Selene na produção de seus vinhos. São elas: Malbec, Carbenet Sauvignon, Tempranillo e Touriga nacional. Nos próximos posts falaremos um pouco sobre o solo, métodos de cultivo e o processo de produção utilizado pelo nosso vinhedo.

Malbec

Vinda da região de Cahors no sudoeste francês para a Argentina no século XIX, a Malbec encontrou sua verdadeira morada em solo argentino, principalmente na região de Mendoza. O “terroir” nessa região, ou seja, o conjunto de fatores geográficos, climáticos, geológicos e biológicos, indispensáveis para o cultivo da videira e para se obter uvas de qualidade, se encaixou perfeitamente a Malbec, o que impulsionou e destacou os vinhos argentinos.

Um típico vinho tinto Malbec argentino apresenta intensa cor vermelha escura, com aromas de frutas vermelhas intensas e maduras. Quando o vinho envelhecido em carvalho, seus aromas tornam-se muito mais complexos, e podem aparecer notas de baunilha, couro, coco, tostados, de especiarias, chocolate, café, entre outros.

Carbenet Sauvignon

Talvez a uva tinta mais conhecida no mundo, a Carbenet Sauvignon teve origem na região de Bordeaux na França, mas encontrou ótima adaptação em diversas regiões pelo o mundo. Com sabor e aroma marcantes, a Carbenet Sauvignon dá origem a vinhos concentrados, estruturados e tânicos.

Os aromas típicos mais encontrados são: frutas vermelhas (cereja, amora, morango), frutas pretas (como ameixa), e especiarias como pimentas em pó e cravo.

Em cortes (combinação de duas ou mais uvas na produção de um vinho) é responsável pela estrutura, longevidade e complexidade do vinho. A Carbenet Sauvignon é um verdadeiro couringa, dando origem a belíssimos cortes com Malbec, Merlot, Tempranillo, Sangiovese, entre outras.

Tempranillo

A mais famosa uva da Espanha, a Tempranillo é uma casta também cultivada em outras regiões com muito sucesso, como na Argentina, devido a sua ótima adaptabilidade as condições climáticas diversas. Muita apreciada em diversas partes do mundo, é macia, sedosa e aveludada. Quando utilizada em corte, dá origem a vinhos potentes, com taninos redondos.

Touriga Nacional

A mais nobre das castas do Porto de Portugal, a Touriga Nacional hoje é cultivada em países do novo mundo como Austráilia, Estados Unidos, Argentina, Chile e Africa do Sul, que passaram a produzir vinhos de alta qualidade com esta variedade de uva. A Touriga Nacional produz vinhos diversos, mas sempre elegantes, com sabores intensos, aromas florais e de teor alcoólico equilibrado.

O Vinhedo Selene produz seus vinhos tintos utilizando as uvas Malbec e um corte que mescla Carbenet Sauvignon, Malbec, Tempranillo e Touriga Nacional. Todas as uvas são de alta qualidade o que dá origem a vinhos potentes e sabores intensos. Aproveitamos para convidá-lo a disfrutar dessa experiência.

Categorizados em:

Este artigo foi escrito porDouglas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *